Close

Segue-nos:

10 Junho, 2018

Acampamento EMRC ’18

Após meses de preparação do 16.º Acampamento de EMRC do Agrupamento de Escolas de Mondim de Basto, os dias anteriores foram de especial preocupação porque o tempo previsto era de chuva.

Mas como tudo estava preparado e todos concordaram, saímos de Mondim de Basto debaixo de chuva intensa rumo a Belinho – Esposende, na manhã do dia 8 de junho. Pelo caminho o tempo foi aliviando ao ponto de encontrarmos bom tempo quando, pelas 12h, chegámos ao parque de campismo.

Isso permitiu-nos almoçar, criar os grupos, cada grupo reunir para se conhecerem melhor, lembrarem as regras do acampamento e delinearem as atividades para os 3 dias, e, em seguida, montar as tendas sem qualquer preocupação com o tempo. E estava tão bom que, de seguida, fomos para a praia. Após o jantar demos um passeio até à foz do rio Neiva, acompanhados do prof. Sérgio Zão, antigo professor de EMRC do nosso Agrupamento.

No dia 9, depois do pequeno almoço, os finalistas prepararam e levaram a efeito, com os colegas que participaram pela primeira vez no nosso acampamento, brincadeiras como forma de os integrar no espírito do acampamento. E, antes do almoço, ainda houve tempo para irmos novamente à praia.

Durante o almoço o tempo começou a ficar chuvoso. Tínhamos preparada, durante toda a tarde, uma caminhada pelo Parque Natural do Litoral Norte, desde Ofir até Esposende, acompanhado por um guia, tudo já preparado pelo prof. Sérgio Zão e a sua esposa Paula, que inclusive já tinham providenciado transporte da Junta de freguesia de Vila Chã, mas, dada a mudança do clima, em cima da hora, tivemos que alterar os planos. E mais uma vez, com a preciosa ajuda do casal, fomos para as piscinas municipais de Esposende (Piscinas Foz do Cávado – Esposende 2000).
Mas valeu a pena! Alguns alunos optaram por tomar banho na piscina exterior enquanto outros brincavam nas ondas da piscina interior…
À noite, tivemos o tradicional convívio entre canções (karaoke) e os vídeos que cada grupo criou durante aquele dia, utilizando a aplicação GoPro Quik.

E depois de uma noite chuvosa, a manhã do dia 10 não foi diferente, ao ponto de não podermos participar com a comunidade de Belinho na Eucaristia Dominical (que distava do parque de campismo cerca de 3km). Assim, fizemos uma breve oração, lendo as leituras desse dia, numa das salas que o parque de campismo nos disponibilizou.

Depois do almoço, e com o tempo já bem melhor, desmontámos as tendas, arrumámos os nossos pertences e aguardámos pela chegada dos autocarros do Município de Mondim.
E de acordo com a Câmara Municipal, fomos visitar o Santuário de Santa Luzia, em Viana do Castelo.
Pelas 19:30h, chegámos a Mondim, mais uma vez cansados mas felizes por tudo ter corrido tão bem (muito melhor do que estávamos à espera, atendendo às condições climatéricas)…

Um agradecimento muito especial a todos os que participaram no Aparcamento: aos alunos, especialmente aos finalistas que lideraram os grupos, às professoras Rita Carvalho, Rosa Cunha, Ana Borges, Madalena Moura (que pela primeira vez em 16 anos não pode estar presente por questões de saúde), ao professor Sérgio Zão e sua esposa Paula pelo contributo decisivo que deram para que este acampamento fosse um sucesso. Um agradecimento também à Câmara Municipal de Mondim de Basto, ao Parque de Campismo de Belinho, à Junta de Freguesia de Vila Chã – Esposende e ao Esposende 2000, na pessoa do Dr. António Maranhão Peixoto.
[Ver Vídeo e Fotos]